OS LIMITES DA MÍDIA E O SIGILO NO PROCESSO PENAL

Promover o conhecimento e a apuração de que a quebra do sigilo na fase investigativa pode violar princípios constitucionalmente relevantes, contrastando com a própria liberdade de imprensa, principalmente no que diz respeito aos direitos e às garantias individuais da pessoa humana. Ademais, abre a discussão quanto a responsabilização dos profissionais da imprensa, bem como dos profissionais do poder judiciário e da necessidade ou não de maior regulamentação ao campo do segredo de justiça.